Estranhos objetos em torno do sol: o que a NASA esconde? | Ciências Paralelas Oficial | Parallel Science Official
28
JUL
2013

Estranhos objetos em torno do sol: o que a NASA esconde?

[ A+ ] /[ A- ]

O ano é 2013 e estamos passando pelo que a ciência chama de “máxima solar”, uma fase intensa do Sol que acontece a cada 11 anos, ou seja, tanto a frequência quanto a intensidade das tempestades solares são grandes, podendo chegar ao seu pico no final deste ano.

Para acompanhar o dia a dia do que acontece com o nosso Sol basta acessar o site: sohowww.nascom.nasa.gov/home.html. Nele estão os dados coletados pela sonda SOHO, fruto de uma cooperação internacional entre as duas principais agências espaciais, a NASA (americana) e a ESA (europeia) para estudar todas as camadas do Sol, além de suas explosões e dos ventos solares.

Graças a uma combinação das gravidades da Terra com a do Sol, a sonda SOHO se move em torno do Sol em harmonia com a Terra numa órbita fechada. Lá, SOHO goza de uma vista ininterrupta de tudo o que acontece com o Sol, e ele não deixa escapar nada.

Outro site onde é possível ver imagens do sol também é da NASA, o programa se chama STEREO (Observatório das Relações Solares e Terrestres) onde que dois observatórios quase idênticos, um à frente da Terra em sua órbita, o outro arrastando atrás, rastreiam o fluxo de energia e matéria entre o Sol e a Terra. STEREO revelou a estrutura 3D de ejeções de massa coronal e violentas erupções da matéria do sol, que podem perturbar satélites e redes de energia, e nos ajudar a entender porque eles acontecem.

Graças à facilidade de obter essas imagens do Sol, inúmeros observadores profissionais e amadores, com a ajuda de softwares para alterar a coloração das imagens, têm percebido estranhos objetos em torno do sol.

Existem muitos vídeos na internet de usuários mostrando o que acharam nas imagens da sonda SOHO e muitas vezes, após a veiculação dessas análises, as mesmas imagens são misteriosamente alteradas pela NASA.

As imagens abaixo foram veiculadas em janeiro de 2011 no Youtube, inclusive com instruções para baixar a imagem no site STEREO da NASA, mas ao fazermos a busca, já não é mais possível ver as imagens originais. Segundo o pesquisador, só vai ter as imagens originais quem conseguiu baixá-las rapidamente, é preciso ter tempo livre para estar atento a esses sites, pois alguma nova imagem pode escapar antes de se censurada.

Mesma imagem anterior, mas com a alteração da NASA sem o objeto na parte superior

Outra opção de visualização do Sol é o site www.helioviewer.org, um projeto open-source, mas também patrocinado pela NASA e ESA. No dia 22 de julho de 2012, às 14:40:46 a imagem abaixo foi disponibilizada neste site, mas sem explicações oficiais, dando mais chance aos especuladores.

O objeto parece ter luz própria e não ser refletido pela luz do Sol pelo ângulo e das linhas verticais. Essa mesma imagem não está no site oficial da NASA e coincidentemente não há imagens disponíveis entre as 14:32:16 UT até 14:47:40 UT.

O caso mais conhecido e amplamente divulgado na internet causando alvoroço entre diversos pesquisadores foi a imagem divulgada no dia 11 de março de 2012 do telescópio Solar Dynamics Observatory, pelo que parece ser um objeto enorme (dimensões do planeta Júpiter) perto do Sol. Pelas imagens, é possível ver um objeto escuro e esférico com uma espécie de filamento que toca o Sol. Esse objeto ficou mais de 80 horas nesta mesma posição e quando se retirou, causou uma grande turbulência na atmosfera solar.

http://www.youtube.com/watch?v=bQ7RaOMHb5I

Uma imagem que também não deixa dúvida sobre algo estranho que está acontecendo no Sol foi divulgada na série de TV “Weird or What?” (Estranho ou o quê?) apresentado por William Shatner. Na imagem, Nassim Haramein, um pesquisador científico, mostra dois pontos luminosos gigantescos se deslocando em paralelo para dentro do Sol. Segundo Nassim, conhecido por suas pesquisas e na construção de uma teoria unificada da estrutura do universo chamada apenas de Teoria Grand Unified Field, o Sol cria pequenos buracos chamados de manchas solares que refletem a aparência real de um buraco negro no Sol, que dura por semanas ou meses e depois fecha. Esseburaco negro é uma “janela” espaço-tempo, uma espécie de porta ou Staragate, através da qual você pode viajar por mundos e dimensões desconhecidas ao homem.

http://www.youtube.com/watch?v=YX1qSN1dwUI

Além dos exemplos acima, nos últimos dois anos inúmeras imagens de objetos não identificados foram capturadas por sondas e telescópios. A NASA não dá nenhuma pista de que sejam objetos não identificados, a resposta oficial é sempre a mesma, fenômenos naturais. O que não pode ser explicado é simplesmente deletado dos arquivos públicos. Se até hoje o tema UFO é tido como teoria de pseudocientistas pela ciência convencional e acobertado pelo governo, a NASA está longe de assumir qualquer anomalia nesse aspecto.

Estaria a aparição destes objetos interligados com o aumento das atividades solares? Pesquisadores das Ciências Paralelas defendem a teoria de que estes objetos, com uma tecnologia de plasma, estariam amenizando a influência das radiações e outras consequências das explosões solares na Terra que vão se intensificar cada vez mais.

 

Carolina Eichhorn Joly